Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Apresentações

A sessão das apresentações dos projectos é sem margem para dúvidas o momento alto do evento. É o culminar de mais de 24H de trabalho intenso e a materialização em palco das ideias que as equipas desenvolveram.

É difícil descrever por palavras o formato desta sessão, mas vamos tentar.

Em primeiro lugar, aquilo que estamos à espera para uma audiência de 300 a 400 concorrentes é que surjam entre 30 a 50 ou projectos. Os projectos serão submetidos ao júri até às 12h de 5ª feira e será então formada e divulgada uma grelha sequencial com o calendário de apresentações. A sessão começa por volta das 14h, logo depois do almoço.

As equipas devem ter um representante, que será o apresentador do projecto. Em caso de necessidade, a equipa pode-se fazer representar por mais do que uma pessoa desde que, numa óptica de bom senso, a logística assim o suporte.

Cada equipa tem 90 segundos para apresentar a sua ideia. O gongo toca quando o tempo acaba e a tolerância é mínima. Isto implica que cada equipa se prepare muito bem para a apresentação e que o apresentador seja objectivo, cativante e criativo ao mesmo tempo. É 1 minuto e 30 segundos para vender uma ideia ao júri. Um desafio só por si.

A apresentação é feita no palco principal perante uma plateia cheia com o júri e com as restantes equipas num grande ambiente informal e de festa. O palco terá 3 ecrãs. O do lado esquerdo terá a agenda, o do lado direito terá o temporizador com o gongo e o do meio é o ecrã gigante que estará directamente ligado ao portátil do apresentador.

Em cima do palco estarão constantemente 3 equipas. Quando uma equipa acaba a sua apresentação sai imediatamente do palco e entra uma nova para o seu lugar. Ao mesmo tempo o ecrã gigante é comutado para o portátil da próxima equipa (que já se encontrava em palco) e começa a próxima apresentação. O intervalo de tempo entre o fim de uma apresentação e o início da próxima será inferior a 1 minuto.

Durante a mudança de equipas, o júri emite um parecer quase em tempo real sobre o projecto que acabou de ver. É uma espécie de barómetro, uma medida qualitativa que é representada através de um gráfico no ecrã gigante mas que é meramente indicador, não tem uma relação directa com a atribuição dos prémios. As palmas da audiência também ajudam, claro.

As transições entre equipas e as tolerâncias de tempo são moderadas por um membro da organização, que também se encontrará em palco.

No fim das apresentações todas, há um intervalo com cerca de 1 hora e depois segue-se a sessão da entrega dos prémios. Há um prémio por categoria. As categorias ainda não estão definidas mas podemos adiantar que não serão categorias temáticas, isto é, o nome da categoria não deverá interferir na criatividade ou nas ideias que as equipas tenham sobre os seus projectos. Serão apenas pretextos patrocinados para premiar os melhores projectos.

As inscrições e o calendário ficarão disponíveis online numa espécie de Intranet que suportará o evento. Se o projecto tiver um link na Internet, será também divulgado para que possa ser consultado por qualquer pessoa em qualquer altura.

Portanto aqui têm, o ponto alto do Codebits, uma sessão absolutamente frenética e cheia de energia, que vai puxar pelo melhor de cada equipa e acabar com estilo um evento de 3 dias.

Pelo menos até ao concerto... Mais novidades em breve.

publicado por celso às 15:51
link do post | comentar
|
2 comentários:
De lmjabreu a 10 de Outubro de 2007 às 14:13
Pergunta: vale a pena inscrever-me querendo apenas apresentar uma ideia, já concebida e da minha(nossa) autoria, ao júri?

O conceito já foi apresentado à coisa de um ano mas ninguém o 'apanhou', estou na dúvida se este evento pode-me servir para apresentar a ideia à SAPO.


De celso a 10 de Outubro de 2007 às 14:59
Tal como já foi mencionado, é permitido que os participantes e/ou as equipas já tragam trabalho de casa feita, desde que se comprometam a criar "algo" durante o concurso - esse é o principal objectivo.


Comentar post