Sábado, 5 de Dezembro de 2009

List of projects

This is the project presentation order:

 

92|Taxi Please!|Nelson Branco
93|BBHunter|Diogo Medeiros
94|BlindLess|Bruno Augusto
17|TravelTracker|Tiago Boldt Sousa
21|CSI - Community Share information|João Paulo Carvalho and Miguel Figueiredo
24|The robotic photographer|Pedro Moura Pinheiro and Sérgio Bernardino
27|PocketPond|Nuno da Costa Ferro
30|How to steal...eh... embezzle...eh... "relocate" bean bags @codebits|Leonel Morgado
31|TvMovies|Bruno Martins
35|Meta Numbers - Metrics for small businesses|Sérgio Santos
36|Cython protobuf generator|Cláudio Valente
100|Galaxy Taggers|Gonçalo Fortes
101|Pokerbits|João Sil
102|I owe you a beer|Nuno António Marques Lourenço
103|Pung|Luis Neves
104|Codebits em 15 Segundos|Renato Miguel Baptista Rodrigues
105|Supond - Apple Time Machine-like Interface for Your Lifestream|Nuno Morgadinho
107|Não gosto dos azuis|Tiago Pinto
108|Touch experience!|Marco Simões
109|widgetize|Carlos Santos and David Silva
111|Noise Droid|Carlos Anjos
37|Professional Videocaster Distribution Network|Ruben Fonseca
38|Taskas|Henrique Mouta
54|PapaSapo|Filipe Manuel Lopes de Freitas
55|Volta na Web|Diogo Vargas
57|Ballbly|Miguel Regedor
58|Procrasterminator|Francisco Richardson
60|GeoNudge|Tony Tam
61|Sinestesia|Guilherme Morais
42|I M X - Image Color Search Engine|Nelson Gomes
43|Got Gigs?|Rogério Vicente
44|Woot|Pedro Correia
65|SAPO Rider|Isa Costa
67|Boas Notícias|Pedro Moreira
70|Real-Time Sensing|António Cruz
73|e-Moleskine|João Figueiredo
78|Tadpole|Luis Nabais
68|doidroid widget|Bruno Costa
77|CinemaDroid|André dos Santos Cardoso
80|Beat It|Gilberto Gonçalves
81|Musipic|André Parreira Ricardo
83|Truz-Truz|Sérgio Freire
41|Simple MBNet|Pedro Sousa
45|Time-based OTPs|João Poupino and Paulo Andrade
46|cyclops|Pedro Teixeira and André Gonçalves
50|Makerbot Cupcake CNC generator|Gonçalo Silva
51|Playsketch|Luis Lucas Pereira
52|Eu ia lá|João Azevedo
84|Math4Kids|David Walter Figueira Jardim
85|Sapo Kids Controller|Flávio Carpinteira
87|All your faces are belong to us!|Pedro Miguel Pires Pereira
88|Crumbs|José Teixeira and Bruno Santos
89|Verbatim Quiz!|Luis Sarmento and Pedro Gomes
95|EncontraI|Rui Alberto Tavares Costa
99|Bookmark to MEO|Bernardo Cardoso
110|oMeuRadar|Marco Gonçalves
112|Zéclops|Nélio Nunes and David Oliveira
71|BlinkBrick - because you don't have to be a geek|Sérgio Veiga and Vitor Rodrigues
98|spammasters|Carlos Pires

 


publicado por jac às 16:24
link do post | comentar
|
8 comentários:
De zacarias a 5 de Dezembro de 2009 às 17:31
há efectivamente alguma razão para a lingua inglesa, algo como uma oculta dimensão internacional deste projecto, ou um necessidade técnica, ou é apenas estupidez?
se é estupidez é algo lamentável, quando está afinal associada a algo como as novas tecnologias.
Dá ideia que para além de "geeks" os informáticos são idiotas.
É no minímo de um provincianismo trágico quando nada o justificando se adopta o inglês como língua operacional.
Pensei que este tipo de mentalidade primária já tinha desapareciso com o rebentar da bolha no final dos anos 90.


De asciiker a 5 de Dezembro de 2009 às 21:00
Segundo percebi, haviam ainda alguns concorrentes estrangeiros. O inglês é a língua mais comum no nosso meio, assim sendo, e por uma questão de respeito penso que todas as apresentações deveriam ser em Inglês.
Escolha de cada um parece-me pouco profissional.


De zacarias a 6 de Dezembro de 2009 às 02:02
Curioso, eu não participei , mas sei que não HÁ NENHUM CONCORRENTE ESTRANGEIRO.
e que houvesse.
Respeito no meu meio, é falar a nossa língua pátria.
Chama-se respeito próprio, deve ser um conceito novo para as novas gerações de inúteis que as nossas universidades andam a formar.
Pelos projectos apresentados fica provado para lá de qualquer dúvida.
Não sabia que isto ia ser assim senão tinha "intervindo".


De jac a 6 de Dezembro de 2009 às 02:12
eu não participei , mas sei que não HÁ NENHUM CONCORRENTE ESTRANGEIRO

Lamento informar que havia concorrentes estrangeiros. Alguns apresentaram em inglês (basta ver os vídeos quando estiverem online), outros deixaram elementos portugueses do grupo apresentar em português, possivelmente devido à mentalidade tacanha de algumas das pessoas com quem se cruzaram enquanto estiveram em Portugal.


De jonasnuts a 6 de Dezembro de 2009 às 11:47
Hum....eu por acaso preferia que tivesse sido em português (embora compreenda os argumentos para a utilização do inglês) e estive lá e SEI que houve, de facto, concorrentes estrangeiros :)

Discordemos, pois vivemos num país com liberdade de expressão, mas não com base em factos errados. Havia muitos estrangeiros no público, e alguns concorreram.


De Shrike a 6 de Dezembro de 2009 às 01:04
Não é provincionalismo, é pragmatismo. Curiosamente, tive a oportunidade de discutir este detalhe com dois dos "internacionais", um sueco e um holandês. Eles mencionaram que este tipo de conferência nos seu países é rotinamente feito em Inglês. Além de ser boa educação para os poucos não locais, simplifica a publicação dos vídeos para uma audiência mais vasta.

Ainda por cima estamos numa carreira para o qual é muito mais simples explicar o funcionalismo e lógica em inglês, normalmente porque as situações evoluem tão depressa que não há tempo para as nossas tendências burocráticas chegarem a acordo sobre qual a terminologia a usar na nossa lingua mãe. Aliás, a nossa lingua mãe dá-nos coisas como "gestor de ficheiros" e "desenvolvedor" ....

Só os provinciais é que ainda se preocupam com estas coisas.


De Pedro a 5 de Dezembro de 2009 às 20:34
Também não percebo o porquê de usarem o Inglês....

Queria apenas esclarecer uma dúvida, havia uma das apresentações, que no final aparecia uma guitarra com um jogo que parecia guitar hero e uma música qualquer. Alguém me sabe dizer o nome da música?

Cumprimentos,
Pedro


De Ferreira a 5 de Dezembro de 2009 às 20:50
Prodigy - Invaders Must Die


Comentar post